https://eitaeuvou.com.br/feed/rss/

Eita eu vou

Por Patricia Larrothiere

Roteiro de 3 dias em Alagoas

25 de setembro de 2017

Resolvemos fazer uma viagem de carro para um dos estados do Nordeste que reúne algumas das mais belas praias do Brasil. Você já conhece o estado de Alagoas? Está pronto para conferir praias e dicas incríveis desse estado tão rico em belezas naturais? Então Vamos lá!

Quando ir?

Sem dúvida, no verão! O melhor período para esse tipo de viagem é no verão, pois o risco de pegar chuva, vento ou tempo nublado é praticamente zero. Sem falar que no verão o mar fica ainda mais lindo, e com uma coloração que você nunca verá em um período de outono/inverno.

Por onde começamos 

Saímos de João Pessoa numa sexta-feira às 6:30h da manhã e fizemos a primeira parada às 10:30h na praia de Maragogi, onde iríamos fazer um passeio de catamarã, mas, ao chegarmos na agência onde compraríamos os bilhetes, ficamos sabendo que o último catamarã já havia saído e que não seria mais possível fazer o passeio naquele dia.  A decepção foi total, pois conhecer as famosas piscinas naturais de Maragogi era um dos pontos principais do nosso roteiro, além do que, só tínhamos aquele dia para aproveitar o local.

Ao chegarmos na principal praça da cidade, encontramos um bugueiro que nos ofereceu um passeio pelas praias de Maragogi, e para não perdermos o dia, resolvemos fazer um passeio de buggy. O roteiro de 4h de duração faria: Praia de Barra Grande, Ponta de Mangue, Praia do Xaréu e Restaurante Alto do Cruzeiro.

Ao chegarmos na praia de Barra Grande, avistamos de longe umas lanchas de passeio e resolvemos ir perguntar se ainda seria possível ir até as piscinas naturais, para a nossa surpresa, era possível sim! Bastava pagar apenas R$350,00 reais por uma hora e meia de passeio rsrs. Ficamos pensando por alguns minutos: Primeiro no valor que pagaríamos, e segundo no que falaríamos para o bugueiro caso decidíssemos ir para as piscinas naturais.

Como o passeio de lancha durava apenas 1:30h, resolvemos falar com o bugueiro para saber se poderíamos continuar o passeio com ele após voltarmos das piscinas naturais, e por mais estranho que pareça, ele disse que sim, que poderíamos ir tranquilos, que ele nos pegaria na volta  para seguirmos com o roteiro o qual já havíamos combinado com ele.

A vontade de conhecer as piscinas naturais de Maragogi era tão grande que resolvemos nem pensar no valor que pagamos rsrs.  Após 10 min mar a dentro, contemplando aquela imensidão azul, chegamos em um dos pontos turísticos mais famosos de Alagoas.

Eu já tinha ouvido de muitas pessoas, o quanto Maragogi era lindo, que era o nosso caribe brasileiro, mas nem de longe, eu imaginava que fosse tão lindo como os meus olhos estavam vendo. Passamos 1:30 num paraíso de águas mornas e transparentes, foi incrível!

Ao voltarmos, o bugueiro estava lá a nossa espera, e assim, subimos no buggy e fomos conhecer melhor a praia de barra grande. Fizemos a primeira parada para um mergulho, e para tirar umas fotos em uns coqueiros, parada obrigatória dos turistas viciados em fotos, tipo nós aqui! Conseguimos registros maravilhosos!

Em seguida conhecemos a praia do xaréu, com mais uma parada para banhos e fotos. Acho que eu nunca tinha mergulhado num mar tão lindo daquele jeito, a vontade que eu tinha era a de ficar ali por pelo menos uma tarde inteirinha.

Onde almoçamos

Depois de tantas belezas que já tínhamos visto, nem imaginávamos que iríamos almoçar em um lugar com uma vista tão deslumbrante. Estávamos no Restaurante e Pousada  Alto do Cruzeiro, um local que além de pratos deliciosos, tinha um excelente atendimento. Enquanto almoçávamos uma picanha argentina saborosíssima, era possível sentir a brisa do mar e ainda contemplar uma vista panorâmica privilegiada da cidade de Maragogi, lá do alto víamos  os barquinhos ancorados e o paredão de arrecifes protegendo a costa, uma paisagem única.

Após o almoço pegamos a estrada rumo a capital de Alagoas, Maceió, onde iríamos nos hospedar por três dias. Durante uma hora e meia de viagem ainda pudemos desfrutar de belas paisagens pelo caminho como:  A estrada litorânea repleta de coqueiros,  e um por do sol incrível que parecia vir ao nosso encontro.

Chegamos em Maceió por volta das 19:00h, demoramos mais do que o comum pois a estrada após o entardecer era muito escura e com pouca sinalização, o que a deixava um pouco perigosa e por isso, resolvemos ir bem devagar. O ideal é que você faça o trecho Maragogi- Maceió ainda durante o dia.

Onde nos hospedamos?

Escolhemos o Hotel Palmanova por estar em um ótima localização, em frente ao Parque Shopping e bem próximo da praia de ponta verde. O valor da diária também foi um fator decisivo na hora da escolha, pagamos  R$: 455,00 reais por três diárias em alta temporada.

O hotel possui uma boa estrutura, quartos grandes e confortáveis, uma piscina maravilhosa e um excelente atendimento. Acho que eles só deveriam dar uma melhorada no café da manhã, que não tinha muita variedade, fora isso, vale a pena o custo benefício.

No sábado

Tomamos o café da manhã por volta das 10:00h e seguimos rumo a Praia do Gunga, um lugar incrível que está entre os mais bonitos do Brasil e deve entrar no roteiro de todos que pretendem visitar Alagoas.

Um pouquinho antes de chegar na praia em si, é possível subir no mirante do Gunga e contemplar uma paisagem digna de cartão postal. Um verdadeiro mar de coqueiros que se  misturam com o azul do céu e o verde do mar, uma paisagem que os seus olhos jamais esquecerão.

A praia do Gunga possui uma ótima estrutura com bares e restaurantes, além de diversas atividades de lazer como: Passeios de barco, buggy e quadriciclo. E para os mais corajosos, tem ainda o passeio de fly boat, que dura cerca de 8 minutos e garante uma vista espetacular. A gastronomia é bastante variada e com valores bem acessíveis.  Um almoço para duas pessoas fica em torno de R$80,00 reais.

Depois de passarmos o dia quase todos nesse paraíso, resolvemos ir conhecer outra praia muito famosa e badalada em Alagoas, que é a Praia do Francês. Ela está localizada no município de Marechal Deodoro, e fica apenas 20 km de Maceió. Outro lugar que você não pode deixar de conhecer!

A Praia do Francês me lembrou muito a praia de Pipa no RN, por suas ruas repletas de turistas, com muitos bares, pousadas e lojinhas que deixam o local ainda mais charmoso e convidativo. Eu diria que Marechal é uma Pipa melhorada, ou melhor, mais estruturada rsrsrs. O seu mar de águas claras que varia de tonalidade entre o verde claro e o azul intenso, chama atenção por tamanha beleza.

No sábado a noite

A noite, saímos para conhecer o famoso Kanoa Beach, barzinho badalado da orla de Maceió, pena que o atendimento foi péssimo! Várias pessoas haviam nos indicado esse lugar mas,  infelizmente foi uma decepção! Os pedidos demoravam muito para chegar, o garçom estava mal humorado, as mesas estavam muito em cima  umas das outras, enfim, um desastre.  Resolvemos ir para o Bar e Restaurante Dona Branca, que por sinal estava super animado. Resolvemos ficar por lá um tempinho, jantamos e depois seguimos para o hotel, pois já estávamos muito cansados.

No domingo

Acordamos cedo e seguimos para Paripueira, mais um lugar lindo no estado de Alagoas. Lá faríamos mais um passeio para as piscinas naturais. Chegamos no Restaurante Mar & Cia por volta das 10:30, de lá sairiam os catamarãs que iriam nos levar para as piscinas naturais de Paripueira, um passeio muito procurado pelos turistas.

O Restaurante Mar & Cia é o ponto de partida para conhecer as piscinas naturais que fazem parte da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais, a maior unidade de conservação marinha do Brasil. O restaurante fica na beira da praia, é super estruturado, com lindos jardins, lojas, atrações culturais e uma gastronomia incrível.

O passeio

Até chegar às piscinas naturais leva uns 20 min de navegação, enquanto isso, um guia vai falando para os turistas sobre o trabalho de proteção dos corais, e avisa sobre as regras que devem ser seguidas ao chegar lá, tais como: Não pisar nos corais, e não pegar nada do mar, nem que seja uma conchinha.

Ao chegarmos, nos deparamos com um mar verde de águas cristalinas, repleto de peixinhos coloridos e muitos corais, que podem ser melhor apreciados com o uso de máscaras de mergulho oferecidas pelo guia, por apenas por R$10,00 reais.

O passeio dura cerca de 2:00h,  e durante esse tempo dá para aproveitar bastante, só não esqueça de passar o protetor solar, pois o sol é muito forte e você pode acabar tendo sérias queimaduras após o passeio.

Onde almoçamos

Depois do passeio resolvemos almoçar no Restaurante Mar & Cia, e aproveitamos para curtir o resto do dia por lá mesmo, afinal, o lugar era super agradável e com um atendimento de primeira. Ainda assistimos a uma apresentação de dança super legal que agitou os turistas no restaurante.

Domingo a noite

A noite, resolvemos conhecer o Parque Shopping, que ficava em frente ao hotel. Acabamos jantando por lá mesmo, finalizando assim o nosso roteiro de três dias em Alagoas.

Resumo da viagem para duas pessoas

  • Passeio de Buggy pelas praias de Maragogi: R$ 200,00 4h de duração
  • Passeio de lancha para as piscinas naturais de Maragogi: R$ 350,00 1:30h de duração
  • Almoço no restaurante Alto do Cruzeiro: R$ 120,00 o casal
  • Hotel Palmanova: R$ 455,00 por três diárias
  • Mirante do Gunga: R$ 6,00 reais o casal
  • Almoço + Petisco na Praia do Gunga: 120,00 por casal
  • Kanoa Beach: R$ 50,00 ( passamos apenas 30min no local)
  • Bar e Restaurante Dona Branca: R$120,00 o casal
  • Passeio de Catamarã em Paripueira: R$ 120,00 o casal
  • Óculos de Mergulho durante o passeio R$ 10,00 reais
  • Almoço + Petiscos + Bebidas no Restaurante Mar & Cia: 220,00 o casal
  • Jantar no Parque Shopping: R$80,00 o casal
  • Combustível durante a viagem: R$400,00 reais ( Prisma 1.0)
  • Gastos extras com cervejas e lembrancinhas: R$ 200,00 reais

Total da viagem para um casal: 2.451,00

Você pode conferir todas as fotos desta viagem na pasta FOTOGALERIA – ALAGOAS

 

Se você gostou deixe seu comentário